Quando os filhos – e os netos – decidem seguir os passos do pai/avô.


No Oceano Índico, o Dia dos Pais já vem sendo celebrado pela Família Schurmann.

 

Há algumas décadas, não dar continuidade à bem-sucedida trajetória profissional do pai podia ser considerado pelos entes envolvidos um ato de rebeldia ou o estopim para uma grave crise familiar. Curiosamente, nos anos 1970, quando esses conflitos eram mais comuns, Vilfredo Schurmann decidiu romper com modelos mais tradicionais, oferecendo a seus filhos a oportunidade de serem – e viverem – livres. Ao criar os filhos a bordo de um veleiro, navegando por mares e oceanos do planeta, o pai-capitão acabou conquistando naturalmente os herdeiros de um estilo de vida muito particular. Se na primeira volta ao mundo, iniciada em 1984 e que durou dez anos, os meninos Pierre (15 anos), David (10) e Wilhelm (7) não tinham muita escolha (era acompanhar ou... acompanhar os pais), a partir de então, o DNA aventureiro vem se manifestando intensamente entre as segunda e terceira gerações Schurmann.

 

Em 1997, o filho David trocou a promissora carreira de diretor de TV na Nova Zelândia para embarcar com Vilfredo e Heloísa e a irmã caçula Kat na Magalhães Global Adventure. Até hoje, as relações familiares se misturam com as profissionais. David é responsável pela equipe terrestre da atual Expedição Oriente; diretor e produtor – ao lado do pai, claro – do filme "Pequeno Segredo", e um dos palestrantes das apresentações corporativas que a Família Schurmann faz no Brasil e no exterior. Já o atleta profissional, reconhecido como um dos maiores nomes do windsurfe no país e no mundo em diferentes categorias, Wilhelm está, desde 21 de setembro de 2014, a bordo do veleiro Kat para completar mais uma volta ao mundo ao lado dos pais.

 

Empreendedor e investidor em start ups, Pierre divide-se entre as atividades profissionais e as "escapadas" para velejar, além de acompanhar, orgulhoso, a participação da terceira geração nas aventuras familiares. Emmanuel, seu filho mais velho, é um dos tripulantes da Expedição Oriente, que, recentemente, recebeu a bordo o irmão Sebastian. E essa tradição parece que vai longe. Com apenas 7 anos, o pequeno Kian, filho de David, vem fazendo do mar seu playground predileto. Assim, ao trocar a rotina de economista por uma vida mais livre, Vilfredo Schurmann – sem qualquer planejamento ou pretensão – acabou atraindo seus filhos e netos para o seu "escritório" itinerante e a céu aberto.

 

Dia dos Pais a bordo

 

Nas últimas semanas, Pierre e David "atravessaram" o mundo para encontrar o pai e os demais integrantes da família a bordo do veleiro Kat. No Oceano Índico, na região da Indonésia, três gerações vêm antecipando as comemorações do Dia dos Pais, celebrado no próximo domingo, 14 de agosto. Confira:


 

Da esquerda para a direita: Wilhelm, Vilfredo, Heloísa, Pierre, Emmanuel e Sebastian.


Da esquerda para a direita: Vilfredo, Kian e David.


Família Schurmann & Expedição Oriente

   

Primeira família a dar a volta ao mundo a bordo de um veleiro, a história da Família Schurmann ganha destaque a partir de 1984, quando o economista Vilfredo e a professora Heloísa decidiram abandonar a vida estável e confortável em terra firme e zarpar rumo aos mares e oceanos do planeta, acompanhados dos filhos pequenos: Wilhelm, na época, 7 anos, David, 10, e Pierre, 15. Três décadas depois, com algumas aventuras marítimas no meio e as crianças, agora, homens feitos e até mesmo pais de uma nova geração, a Família Schurmann volta a exercitar o desapego. Desde 21 de setembro de 2014, o veleiro Kat vem sendo a moradia dos Schurmann e a imensidão do mar, o destino da Expedição Oriente!

 

Com o apoio fundamental dos patrocinadores Estácio, HDI Seguros e Solvi, os velejadores percorrerão cerca de 30 mil milhas (o equivalente a quase 50 mil quilômetros), passando por quatro oceanos, cerca de 50 portos. Pela primeira vez, eles estiveram na Antártica e na República Popular da China, que fica a aproximadamente 17 mil quilômetros de distância do Brasil. O curioso é que as rotas das aventuras anteriores somadas ao roteiro da Expedição Oriente resultariam em 14 viagens da Família Schurmann à China.

 

Se o roteiro reserva lugares desconhecidos, a nova travessia também marca a estreia da terceira geração a bordo: o jovem Emmanuel integra a tripulação Schurmann, formada pelo casal Vilfredo e Heloísa e os filhos Wilhem, David (líder da tripulação de terra) e Pierre – os dois últimos, em alguns trechos da aventura. Kat, a filha caçula, falecida em 2006, está simbolicamente presente ao inspirar o nome do novo veleiro da família, neste projeto que envolve inovação, tecnologia e sustentabilidade.

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Gloob lança mais uma maratona Gloob Duni Tê

Netflix anuncia projeto ainda sem título: nova série infantil animada inspirada em músicas clássicas da Motown

FOX: DESTAQUES DA PROGRAMAÇÃO 1 A 7 DE AGOSTO DE 2016