40ª MOSTRA INTERNACIONAL DE CINEMA EM SÃO PAULO



  • A edição deste ano presta uma homenagem ao mestre do cinema italiano Marco Bellocchio, que terá 12 títulos em exibição no evento; autor da arte do pôster, diretor viráaSão Paulo para uma Masterclass, além de prestigiar a exibição de BELOS SONHOS, na abertura do evento; 
  • O diretor americano William Friedkin, que virá a São Paulo ministrar uma Masterclass durante a 40ª Mostra, também será homenageado com o prêmio Leon Cakoff e a exibição de sete títulos, incluindo "O EXORCISTA" e "OPERAÇÃO FRANÇA", longa que completa 45 anos em 2016; 
  • Os dois primeiros episódios da série THE YOUNG POPE, dirigida por Paolo Sorrentino, com Jude Law, Diane Keaton, Silvio Orlando e Javier Cámara, terão exibições na 40ª. Mostra; 
  • A 40ª Mostra apresenta os trabalhos mais recentes de Abbas KiarostamiAlejandro JodorowskyBahman GohbadiDanis TanovicDöris DorrieHirokazu Kore-Eda, Jean-Pierre Dardenne e Luc DardenneJia Zhangke, Jim JarmuschJoão BotelhoPaul VerhoevenPark Chan-wookPaz Encina entre outros diretores; 
  • ALBA, de Ana Cristina Barragan; CANÇÃO PARA UM DOLOROSO MISTÉRIO, de Lav Diaz; HEDI, de Mohamed Ben Attia; LAS PLANTAS, Roberto Doveris; LOBO E OVELHA, de Shahrbanoo Sadat, MIMOSAS, de Oliver Laxe; O DIA MAIS FELIZ DA VIDA DE OLLI MÄKI, de Juho Kuosmanen; O NASCIMENTO DE UMA NAÇÃO, de Nate Parker; RADIO DREAMS, de Babak Jalali; e A ATRAÇÃO, Agnieszka Smoczynska são alguns dos títulos premiados, confirmados para esta edição da Mostra; 
  • FOCO POLÔNIA é um dos destaques da 40ª Mostra, que traz uma retrospectiva de 17 títulos de Andrzej Wajda e a exibição de cópia restaurada de Decálogo, de Krzysztof Kieślowski, além de filmes contemporâneos daquele país; 
  • Presente em várias edições da Mostra, o mestre Abbas Kiarostami teve uma grande proximidade com o evento, que o homenageia com a exibição de seu último filme, o curta "ME LEVE PRA CASA", e do documentário "76 MINUTOS E 15 SEGUNDOS COM KIAROSTAMI", de Seifollah Samadia; 
  • Pela primeira vez, o encerramento da Mostra será na área externa do Auditório Ibirapuera, com a exibição do clássico "A GENERAL" (1926), de Buster Keaton e Clyde Bruckman. A sessão terá acompanhamento da Orquestra Sinfônica de Heliópolis e será precedida pela premiação do evento; 
  • Para comemorar os 50 anos de PERSONA, escrito e dirigido por Ingmar Bergman, a 40ª Mostra vai trazer a exposição "POR TRÁS DA MÁSCARA" e realizará debate após a exibição do filme; 
  • O ator Antonio Pitanga ganha homenagem da 40ª Mostra, ao receber o Prêmio Leon Cakoff e a exibição do documentário PITANGA, de Beto Brant e Camila Pitanga, e dos clássicos BARRAVENTO, de Glauber Rocha (1962), A GRANDE CIDADE, de Cacá Diegues (1964); 
  • Em comemoração ao centenário de Paulo Emílio Sales Gomes, a Mostra vai apresentar cinco títulos da lista pessoal do crítico, no Vão-Livre do Masp; 
  • Nicolas Klotz, Bette Gordon, Jeferson De, Lita Stantic, Peter Brosens e Vasco Pimentel formam o júri que decidirá a premiação dos filmes mais votados pelo público da Competição Novos Diretores; 
  • Evento terá seleção de filmes no interior do estado de São Paulo e na cidade do Rio de Janeiro; 

 

São Paulo, outubro de 2016 - De 20 de outubro a 2 de novembro, acontece em São Paulo a tradicional Mostra Internacional de Cinema. No ano em que a Mostra completa 40 anos, ao longo de duas semanas serão exibidos 322 títulos de 50 países e diversas cinematografias em 42 locais, entre cinemas, espaços culturais e museus espalhados pela capital paulista, incluindo exibições gratuitas e ao ar livre. Alinhada com os grandes festivais do mundo, a 40ª Mostra Internacional de Cinema traz com exclusividade os principais filmes premiados, alguns de diretores estreantes que já despertam os olhos da crítica, dos júris e do público. São filmes como os da competição do evento, que conta com 100títulos de jovens diretores. A seleção deste ano faz um apanhado do que o cinema contemporâneo mundial está produzindo.

Ao todo, a Mostra Internacional de Cinema é composta por seis seções.  A Competição Novos Diretores exibe títulos de diretores que tenham realizado até dois longas (os mais bem votados pelo público serão vistos pelo Júri Internacional, que escolhe posteriormente os que vão receber o Troféu Bandeira Paulista). A Perspectiva Internacional, seção com o maior número de filmes da Mostra, apresenta, entre títulos recém-premiados e diretores já consagrados, as principais tendências, temáticas, narrativas e estéticas produzidas em todo o mundo. Além delas, completam a seleção, as Apresentações Especiais – sessões em espaços alternativos ou de filmes que completam a obra de diretores selecionados pelo evento; a Mostra Brasil – que exibe títulos brasileiros inéditos em São Paulo; e as já tradicionais Retrospectiva – seção com clássicos, restaurados ou não, de importantes diretores - e Homenagens, que este ano celebram a obra de Marco Bellocchio, Andrzej Wajda e William Friedkin. 

E em comemoração aos 40 anos da Mostra, estão programadas exibições de LÚCIO FLÁVIO, O PASSAGEIRO DA AGONIA, de Hector Babenco(vencedor da primeira edição do evento); O QUARTO HOMEM, de Paul Verhoeven, sucesso de público na 8ª. Mostra; VARIETY, de Bette Gordon, exibido na 9ª Mostra; DAUNBAILÓ, de Jim Jarmusch, exibido na 11ª Mostra; DECÁLOGO, de Krzysztof Kieślowski, exibido na 13ª Mostra; e ONE MAN UP, de Paolo Sorrentino, exibido na 25ª Mostra.

Nesta 40ª edição, a Mostra e a Petrobras renovam uma parceria que já dura 15 anos, reafirmando o compromisso da empresa com a produção audiovisual e com a consolidação do evento no calendário cultural do país.

PATROCINADORES DA 40ª MOSTRA

Apresentam a 40ª MOSTRA GOVERNO FEDERAL - MINISTÉRIO DA CULTURAPETROBRASGOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO e PREFEITURA DE SÃO PAULO. O evento conta com o copatrocínio do BNDES - BANCO NACIONAL DE DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO E SOCIAL e do ITAÚ; apoio institucional do PROAC SPSPCINESABESP a parceria do SESC e da CPFL ENERGIA; a colaboração do AUDITÓRIO IBIRAPUERA – SECRETARIA DO VERDE E DO MEIO AMBIENTE do INSTITUTO BACCARELLI e da IMPRENSA OFICIAL DO GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO e a promoção da FOLHA DE S.PAULO, da GLOBO FILMES, da TV CULTURA, do TELECINE, do CANAL ARTE 1, da RÁDIO BANDEIRANTES e da RÁDIO BAND NEWS.

  

PETROBRAS

 

A Petrobras comemora, em 2016, 15 anos de parceria com a Mostra de Cinema. Trata-se de um patrocínio icônico para a Companhia, não só pela excelência da sua realização, pelo alcance da ação e pelo público que ajudou a formar ao longo desses anos, mas porque em si também ajudou a definir os contornos da ação da Petrobras no cinema. No patrocínio à 40ª Mostra de Cinema reafirmamos nossa aposta junto aos festivais como principais plataformas para difusão e formação de público para o cinema nacional. 

BANCO NACIONAL DE DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO E SOCIAL - BNDES

 

Ao patrocinar a 40a edição da "Mostra Internacional de Cinema em São Paulo", o BNDES tem a oportunidade de reafirmar sua crença na importância da cultura para o desenvolvimento do Brasil e consolidar sua posição como um de seus maiores apoiadores no país. 

ITAÚ UNIBANCO / ITAÚ CULTURAL

 

O Itaú Unibanco é, desde 2012, parceiro da Mostra Internacional de Cinema em São Paulo. "Temos orgulho de ser parceiros da mais tradicional mostra de cinema do Brasil, que vai muito além do evento ao dialogar com a memória audiovisual e a nova produção cinematográfica realizada no país e no exterior", diz Eduardo Saron, diretor do Itaú Cultural. Como nas edições anteriores, parte das exibições será realizada em espaços mantidos pelo banco: o Espaço Itaú de Cinema, o Auditório Ibirapuera, que sediará a abertura e, pela primeira vez, o encerramento da Mostra com a exibição de um filme para a plateia externa, The General (1926) , de Buster Keaton e Clyde Bruckman, e o Itaú Cultural, que traz a exposição inédita  Por Trás da Máscara – 50 Anos de Persona, em comemoração ao cinquentenário de uma das obras mais relevantes do diretor sueco Ingmar Bergman (1908-2007). 

SESC

 

Para Danilo Santos de Miranda, diretor regional do Sesc, "a parceria entre o Sesc e a Mostra reflete a convergência entre ambas na direção da democratização cultural. Os filmes que a Mostra exibe anualmente atualizam as possibilidades oriundas da relação entre as culturas e a linguagem cinematográfica. Para o Sesc, a constatação da importância dessa iniciativa implica o esforço de potencializar sua difusão: em 2016, além das exibições no CineSesc e em unidades do interior e litoral, haverá exibições em unidades da Grande São Paulo e das regiões sul e leste da capital." 

SABESP

 

A Sabesp, além de valorizar, também incentiva o cinema. Não por acaso está apoiando a Mostra pela 11ª vez e já conta com cerca de 180 filmes patrocinados por meio das leis de incentivo à cultura. Como o saneamento básico, ela acredita que a disseminação da cultura também é uma importante fonte para a transformação de vidas. 

CPFL

 

É com muita satisfação que nós, do Instituto CPFL, retomamos em 2016 a parceria com a Mostra Internacional de Cinema em São Paulo. Em 13 anos de atividades, nos consolidamos como um espaço aberto para a reflexão do mundo contemporâneo. Essa parceria reforça nosso compromisso de oferecer ao púbico a possibilidade de conferir alguns dos melhores títulos da produção cinematográfica contemporânea. São filmes nos ajudam a ampliar a sensibilidade, o olhar e a compreensão diante dos desafios da realidade atual.

Mário Mazzilli, diretor-superintendente do Instituto CPFL. 

Spcine

 

"A Spcine se orgulha em fazer parte da história da Mostra Internacional de São Paulo, que chega aos 40 anos como a mais importante celebração brasileira das cinematografias do mundo, e, principalmente, em colocar o Circuito Spcine de Cinema, seu complexo exibidor, no mapa da programação. Pela primeira vez, parte dos filmes chegará com força total e regularidade a lugares que vão muito além do centro expandido da capital paulista, como Itaim Paulista, Grajaú e Guaianases. Levar um evento deste porte para todas as regiões da cidade, do centro à periferia, mostra o quão importante é democratizar a cultura e dar acesso irrestrito a quem quer consumi-la". Alfredo Manevy, diretor-presidente 

COMPENSAÇÃO AMBIENTAL

 

A 40ª Mostra compromete-se a compensar suas emissões de CO², unindo-se à Fundação SOS Mata Atlântica e patrocinando o plantio de aproximadamente 664 mudas de árvores para o Programa Florestas do Futuro.  


FILME DE ABERTURA

 

A abertura da 40ª Mostra Internacional de Cinema acontecerá no dia 19 de outubro, para convidados, no Auditório Ibirapuera – Oscar Niemeyer. BELOS SONHOS, de Marco Bellocchio, que estreou em Cannes, em maio, terá sua primeira exibição brasileira na abertura da Mostra. Na trama, inspirada no livro autobiográfico "FAI BEI SOGNI", do jornalista Massimo Gramellini, um homem de meia-idade se vê incapaz de superar a morte da mãe. 

O elenco conta com Valerio Mastandrea, Bérénice Bejo, Guido Caprino, Nicolò Cabras e Emmanuelle Devos. 

 

FILMES CONFIRMADOS

 

A GAROTA DESCONHECIDA, de Jean-Pierre Dardenne e Luc Dardenne (seleção oficial de Cannes); DEPOIS DA TEMPESTADE, de Hirokazu Kore-EdaDESCONHECIDA, de Joshua MarstonELLE, de Paul Verhoeven (seleção oficial de Cannes); EXERCÍCIOS DE MEMÓRIA, de Paz Encina (seleção oficial do Festival de San Sebastián); HER COMPOSITION, de Stephan LittgerMR. PIG, de Diego Luna (seleção oficial Festival de Sundance); O CINEMA, MANOEL DE OLIVEIRA E EU, de João Botelho;  O IGNORANTE, de Paul Vecchiali (seleção oficial do Festival de Cannes); O PLANO DE MAGGIE, de Rebecca MillerO REI DOS BELGAS, de Peter BrosensJessica WoodworthO SEGREDO DA CÂMARA ESCURA, de Kiyoshi KurosawaPOESIA SEM FIM, de Alejandro JodorowskyPORTO, de Gabe Klinger;        THE YOUNG POPE, de Paolo Sorrentino; UMA BANDEIRA SEM PAÍS, de Bahman Ghobadi (Seleção Oficial do Festival de Sundance); e BEDUÍNO, de Julio Bressane estão entre os confirmados na 40ª. Mostra.

Na lista dos filmes estrangeiros inéditos, confirmados para a edição deste ano, figuram os premiados: A ATRAÇÃO, de Agnieszka Smoczynska – Prêmio Especial do júri em Sundance 2016; THE HANDMAIDEN, de Park Chan-wook – Prêmio Vulcain em Cannes 2016 e indicado para Palma de Ouro e para Queer Palma; ALBA, de Ana Cristina Barragan – Vencedor  do Prêmio Lions em Rotterdam 2016; ANIMAIS NOTURNOS, de Tom Ford – Grande Prêmio do júri em Veneza 2016; CANÇÃO PARA UM DOLOROSO MISTÉRIO, de Lav Diaz – Urso de Prata Alfred Bauer em  Berlim 2016; HEDI, de Mohamed Ben Attia – Urso de Prata de melhor filme de estreia no Festival de Berlim 2016; LAS PLANTAS, de Roberto Doveris – Urso de Cristal no  Festival de Berlim 2016, outorgado pelo júri jovem do evento; LOBO E OVELHA, de Shahrbanoo Sadat – Prêmio da Confederação Internacional dos Cinemas de Arte em Cannes 2016; MIMOSAS, de Oliver Laxe – Grande Prêmio da Semana da Crítica em Cannes  2016; MORTE EM SARAJEVO, de Danis Tanovic – Vencedor do Prêmio Urso de Prata no Festival de Berlim 2016; O NASCIMENTO DE UMA NAÇÃO, de Nate Parker – Grande Prêmio do Júri e Prêmio do Público em Sundance 2016; RADIO DREAMS, de Babak Jalali – Vencedor do Prêmio Tiger no Festival de Rotterdam 2016; SEM DEUS, de Ralitza Petrova – Vencedor do Prêmio Leopardo de Ouro Festival de Locarno 2016, entre outros; e TODAS ESSAS NOITES SEM DORMIR, de Michal Marczak – Vencedor do Prêmio de melhor direção no Festival de Sundance 2016. 

Mostra destaca também as exibições dos curtas "ME LEVE PRA CASA", de Abbas Kiarostami; "OS HEDONISTAS", Jia Zhang-ke; e "PAGLIACCI", de Marco Bellocchio.

  • SELEÇÃO DO OSCAR 

A seleção de filmes também traz, até o momento, nove obras já indicadas por seus respectivos países para concorrerem à vaga do Oscar de melhor filme estrangeiro: AUSTRÁLIA – TANNABentley Dean, Martin Butler; BÓSNIA-HERZEGOVINA – MORTE EM SARAJEVODanis Tanovic; FINLÂNDIA – O DIA MAIS FELIZ DA VIDA DE OLLI MÄKIJuho Kuosmanen; FRANÇA – ELLEPaul Verhoeven; ISRAEL – TEMPESTADE DE AREIAElite Zexer; PALESTINA – O ÍDOLOHany Abu-Assad; FILIPINAS – MA' ROSABrillante Ma Mendoza; PORTUGAL – CARTAS DA GUERRA, Ivo Ferreira; e SÉRVIA – DIÁRIO DE UM MAQUINISTAMilos Radovic.

 

CARTAZ E VINHETA

 

Nesta 40ª Mostra, a arte do cartaz é assinada por Marco Bellocchio, que será homenageado pelo evento com o Prêmio Leon Cakoff e a apresentação de seu mais recente longa, BELOS SONHOS, além de outros 12 títulos do diretor, incluindo o curta PAGLIACCI, exibido em Veneza. 

A inspiração do diretor para o pôster é em seu filme BOM DIA, NOITE, que é baseado no livro Il Prigioneiro, de Anna Laura Braghetti, onde a autora narra o sequestro do ex-primeiro ministro italiano Aldo Moro. 

Bellocchio conta o que o inspirou na criação da arte do pôster: 

"Quando me pediram para fazer uma arte original para o cartaz da Mostra, eu a compus com uma parte do desenho que eu fiz para o filme Buongiorno, Notte, reelaborando-o - fazendo assim um desenho original. Não sei se é bonito, ou feio, mas me parecia, em relação ao meu trabalho e à minha imagem, bastante significativo. Tentei aproximar formas diversas que tivessem um forte significado referente à minha história e Buongiorno, Notte é como o centro do meu trabalho. É um filme feito no início dos anos 2000, mas ao mesmo tempo concentra também toda uma série de experiências minhas, também de envolvimento político". 

Os 12títulos do diretor que integram a programação da Mostra são: 

  • DE PUNHOS CERRADOS (1965)
  • A CHINA ESTÁ PRÓXIMA (1967)
  • O DIABO NO CORPO (1986)
  • INTRUSA (1999)
  • A HORA DA RELIGIÃO (2002)
  • BOM DIA, NOITE (2003)
  • IRMÃS JAMAIS (2010)
  • VINCERE (2009)
  • A BELA QUE DORME (2012)
  • SANGUE DO MEU SANGUE (2015)
  • BELOS SONHOS (2016)
  • PAGLIACCI - curta (2016) 

O diretor italiano também participa de uma masterclass no dia 23 de outubroàs 17h30, no CINESESC, logo após a exibição do longa Belos Sonhos.

A vinheta, criada por Amir Admoni, com trilha de André Abujamra, partiu do desenho do diretor Marco Bellocchio e do design que Ebert Wheeler fez para o cartaz da Mostra.


EXPOSIÇÃO PERSONA – Ingmar Bergman

 

Para comemorar os 50 anos do filme PERSONA (1966), escrito e dirigido por Ingmar Bergman, a 40ª Mostra traz para o Brasil: "POR TRÁS DA MÁSCARA - 50 ANOS DE PERSONA", que sairá pela primeira vez da Ilha de Faro, na Suécia. A exposição, que é considerada uma celebração ao filme Persona é um convite para uma viagem através de paineis e projeções do trabalho enigmático de Bergman. 

Os visitantes poderão conferir as origens, o processo criativo e o impacto de PERSONA, do diretor sueco Ingmar Bergman (1908-2007). O material exibido abrange notas dos cadernos de trabalho do artista, trechos de roteiro, conteúdo fotográfico e audiovisual. Inicialmente montada pela FUNDAÇÃO BERGMANCENTER, na ilha de Fårö, na Suécia, "POR TRÁS DA MÁSCARA" é uma homenagem a Persona e também um convite para uma jornada por esse enigmático filme, que possivel­mente guarda a chave para decifrar toda a obra de Ingmar Bergman. 

A exposição é trazida ao Brasil através da parceria entre a Mostra Internacional de Cinema, o Bergmancenter e o Itaú Cultural. 

O longa, tema da exposição, terá sessões especiais na 40ª Mostra. Desde o seu lançamento, o filme foi cercado em uma aura de mistério e perplexidade que perdura até hoje, 50 anos depois. Nenhum outro trabalho de Bergman recebeu tanta atenção da crítica e do meio acadêmico como ele. 

No dia 20 de outubroàs 19h, será realizado no Itaú Cultural uma mesa com debate logo após a exibição de Persona e contará com a presença da diretora do Bergmancenter, Helen Beltrame, do escritor e psicanalista Contardo Calligaris e da diretora Tata Amaral. O crítico de cinema, Sérgio Rizzo, mediará o encontro.

 

FOCO POLÔNIA

 

Mostra vem desenvolvendo nas últimas edições a tradição de trazer para o público um panorama da produção cinematográfica de um país diferente. Nesta 40ª edição, com o apoio do IAM (Instituto Adam Mickiewicz e Polish Film Institute), o recorte escolhido foi a Polônia, com destaque para a homenagem a Andrzej Wajda (que receberá o Prêmio Humanidade), e a exibição da aclamada série cinematográfica O DECÁLOGO, de Krzysztof Kieślowski – sucesso da 13ª Mostra; além de uma seleção de filmes poloneses contemporâneos.

  • HOMENAGEM A ANDRZEJ WAJDA 

Aos 90 anos, Andrzej Wajda é sinônimo de cinema político polonês desde os anos 1960 e foi um dos primeiros diretores a fazer o cinema polonês se tornar conhecido no resto do mundo. AS SENHORITAS DE WILKO (1979), CINZAS (1965), CINZAS E DIAMANTES (1958), DANTON - O PROCESSO DA REVOLUÇÃO (1982), GERAÇÃO (1954), KANAL (1957), OS INOCENTES CHARMOSOS (1960), TUDO À VENDA (1968), PAISAGEM APÓS A BATALHA(1970), O CASAMENTO (1972), TERRA PROMETIDA (1974), O HOMEM DE MÁRMORE (1976), SEM ANESTESIA (1978), O HOMEM DE FERRO (1981), OS POSSESSOS (1988), WALESA (2013) e WRÓBLEWSKI SEGUNDO WAJDA (2015), são os títulos a serem exibidos na 40ª Mostra.   

  • O DECÁLOGO 

Considerada a obra-prima de Krzysztof KieślowskiO DECÁLOGO ganha exibição de todos os episódios da série inspirada nos 10 mandamentos bíblicos. As cópias restauradas terão sessões em programas de três ou quatro episódios e também em maratona. Complementam a apresentação especial da série, o Programa de Curtas Kieślowski. O DECÁLOGO foi exibido pela primeira vez no Brasil na 13ª Mostra. 

  • DEBATE – CINEMA POLONÊS CONTEMPORÂNEO 

Como parte do Foco Polônia, ao longo do dia 26 de outubro, no Espaço Itaú de Cinema Augusta, haverá exibições de filmes dos diretores Krzysztof Kieslowski e Andrzej Wajda, seguida de debate com o crítico polonês Tadeusz Lubelski.

 

HOMENAGEM WILLIAM FRIEDKIN

 

Em comemoração aos 45 anos do longa OPERAÇÃO FRANÇA, premiado em 1972 com o Oscar de melhor diretor, e com o Globo de Ouro de Melhor Filme, diretor e ator, o cineasta estado-unidense William Friedkin, é um dos convidados homenageados da 40ª Mostra, com o prêmio Leon Cakoff. Diretor também do clássico de horror O EXORCISTA (1973), William Friedkin fará uma masterclass no Cinearte, no dia 22 de outubro, após a apresentação especial do filme OPERAÇÃO FRANÇA, programado para as 18h. 

Na sequência, haverá a exibição especial de O EXORCISTA; o filme, embora seja um dos maiores clássicos de terror do cinema, não foi produzido para ser de gênero e foi o primeiro de terror indicado ao Oscar na categoria Melhor Filme. 

Mais cinco títulos do diretor serão exibidos na 40ª. MOSTRA:

  • O COMBOIO DO MEDO (1977)
  • PARCEIROS DA NOITE (1980)
  • VIVER E MORRER EM LOS ANGELES (1985)
  • POSSUÍDOS (2006)
  • KILLER JOE - MATADOR DE ALUGUEL (2011)

 

APRESENTAÇÕES ESPECIAIS

 

  •  BETTE GORDON

A 40ª Mostra, traz a São Paulo a produção independente, feminista, sensível e sutil da cineasta Bette Gordon, nascida nos Estados Unidos em 1950. Pioneira no cinema americano independente dirigiu filmes como VARIETY (1984, exibido na 9ª Mostra), e HANDSOME HARRY (2009), que junto com seu novo filme, O AFOGAMENTO, estão na programação da 40ª. Mostra. A diretora integra o Júri Internacional da 40ª Mostra. 

  • HOMENAGEM A ANTONIO PITANGA 

O ator Antonio Pitanga será homenageado com O Prêmio Leon Cakoff e com a exibição do documentário PITANGA, de Beto Brant e Camila Pitanga.Sessões dos clássicos BARRAVENTO (1962), de Glauber Rocha, e A GRANDE CIDADE (1964), de Cacá Diegues, completam a homenagem ao ator de mais de 60 filmes, que se destacou no Cinema Novo. A entrega do prêmio será feita logo após a exibição do filme no dia 22 de outubro, no Espaço Itaú de Cinema Frei Caneca, às 19h. 

  • HOMENAGEM A JOSÉ CARLOS AVELLAR 

Em parceria com o IMS – Instituto Moreira Salles, a Mostra presta homenagem póstuma ao escritor e crítico de cinema José Carlos Avellar, com a exibição dos curtas IMPROVÁVEL ENCONTRO, de Lauro Escorel e O CLIQUE ÚNICO DE ASSIS HORTA, de Jorge Bodanzky. Após a sessão dos filmes, haverá debate com Lauro Escorel e Bárbara Rangel na programação da Semana ABC, dia 24/10 às 20h, na Cinemateca Brasileira. A homenagem se estende com o lançamento do livro "PAI PAÍS, MÃE PÁTRIA", de José Carlos Avellar. 

  • VINICIUS DE MORAES, UM RAPAZ DE FAMÍLIA 

A exibição de cópia restaurada pelo IMS, do documentário VINICIUS DE MORAES, UM RAPAZ DE FAMÍLIA, dirigido por Susana de Moraes, homenageia pai e filha. A edição do livro do poeta, O CINEMA DOS MEUS OLHOS, DE VINICIUS DE MORAES, organizada por Carlos Augusto Calil traz novos textos de Vinicius sobre o cinema, seus grandes diretores e as grandes estrelas; o lançamento será no dia 21/10, na Livraria Blooks, logo após a exibição do longa.

  • COLEÇÃO ALOYSIO RAULINO 

Em parceria com a Cinemateca Brasileira e o CTAv, a 40ª Mostra realiza o lançamento da COLEÇÃO ALOYSIO RAULINO, um box de quatro DVDs que contém todos os curtas dirigidos pelo cineasta e fotógrafo carioca.  O lançamento do DVD acontece na Cinemateca Brasileira, no dia 27 de outubro, às 19 horas. Na ocasião, a Mostra exibe o Programa Curtas Raulino, que apresenta a produção completa do diretor nos anos 70: os curtas O PORTO DE SANTOSO TIGRE E A GAZELATEREMOS INFÂNCIAJARDIM NOVA BAHIAARRASTA A BANDEIRA COLORIDALACRIMOSA E TARUMÃ, restaurados pela Cinemateca Brasileira.

 

MOSTRA BRASIL

 

40ª Mostra vai exibir 60 títulos brasileiros incluídos nas seções Apresentação EspecialCompetição Novos Diretores e Perspectiva Internacional. Os filmes que estão na Perspectiva Internacional são inéditos na cidade de São Paulo, e os que fazem parte da Competição Novos diretores farão sua primeira exibição pública no país, dentro do evento. Os títulos da competição concorrem ao prêmio Bandeira Paulista de Melhor Filme, dado pelo Júri Internacional da 40ª Mostra. Entretanto, todos os brasileiros da Perspectiva Internacional e da Competição Novos diretores concorrem ao Prêmio do Público da Mostra, que inclui o Troféu Bandeira Paulista de Melhor Filme Brasileiro. 

(Lista completa dos títulos brasileiros ao final do release) 

  • SELEÇÃO LATINO-AMERICANA 

Esta edição da Mostra conta com uma seleção de 22 títulos produzidos por países latino-americanos, como Argentina, México, Colômbia, Venezuela e Chile, dos quais oito diretores estreantes foram premiados internacionalmente. Esses e outros países também figuram em outras coproduções, inclusive premiados, como o equatoriano ALBA, de Ana Cristina Barragan, vencedor do Prêmio Lions em Rotterdam 2016 e o chileno LAS PLANTAS, de Roberto Doveris – Urso de Cristal no Festival de Berlim 2016, outorgado pelo júri jovem do evento. A Mostra destaca ainda o recente trabalho do diretor chileno Alejandro Jodorowsky, com POESIA SEM FIM. 

(Lista completa ao final do release)

 

LANÇAMENTO DE LIVROS

 

  •  O CINEMA DOS MEUS OLHOS – NOVA EDIÇÃO 

Organizada pelo crítico Carlos Augusto Calil, esta nova edição do livro O Cinema dos Meus Olhos, de Vinicius de Moraes, lançado pela editora Companhia das Letras, traz novos textos do poeta sobre o cinema e seus grandes diretores e estrelas. Líricos, por vezes críticos, os escritos cinematográficos de Vinicius continuam um convite ao prazer das telas. Dia 21/10, às 21h, na Livraria Blooks (Shopping Frei Caneca). 

  • CINEMA JAPONÊS – FILMES.HISTÓRIAS.DIRETORES 

CINEMA JAPONÊS – FILMES.HISTÓRIAS.DIRETORES, de João Lanari Bo, lançamento da editora Giostre, aborda o cinema que estourou no país-arquipélago, propondo uma navegação, no sentido digital do termo, no imenso patrimônio audiovisual daquele país. João Lanari Bo é professor de cinema da Universidade de Brasília (UnB) e quando residiu em Tóquio teve a oportunidade de se aprofundar na cultura e no cinema japonês ao frequentar o cineclube animado por Donald Richie, no "Deluxe", de Roppongi. O lançamento acontece dia 23/10, domingo, às 16h, na Livraria Blooks (Shopping Frei Caneca). 

  • LIVRO "PAI PAÍS, MÃE PÁTRIA"

Como parte das homenagens à José Carlos Avellar e da Sessão ABC, será lançado através do IMS, dia 24 de outubro, o livro "PAI PAÍS, MÃE PÁTRIA", do crítico de cinema falecido em março deste ano, José Carlos Avellar. No projeto que o autor deixou pronto, há apresentações das relações familiares e os traços individuais dos personagens protagonistas na fotografia de filmes de sucesso brasileiros, como Abril despedaçado ou Central do Brasil. 

  • LIVRO DA ABRACCINE 

O livro "100 MELHORES FILMES BRASILEIROS", editado pela Associação Brasileira de Críticos de Cinema (Abraccine) em parceria com o Canal Brasil e a Editora Letramento, será lançado durante a 40ª Mostra, no dia 28 de outubro, a partir das 19h, na livraria Blooks (Shopping Frei Caneca), com a presença de vários autores. Em formato de livro de arte, a publicação reúne textos de 100 críticos e estudiosos de cinema em atividade sobre os filmes que mais se destacaram na história de nossa cinematografia.  

  

ENCERRAMENTO – EXIBIÇÃO AO AR LIVRE

 

Pela primeira vez, a tradicional projeção ao ar livre que a Mostra realiza anualmente no Parque Ibirapuera será no encerramento do evento, dia 2/11, às 20h, com a exibição da cópia restaurada de "A GENERAL" (1926), de Buster Keaton e Clyde Bruckman. A apresentação, que será precedida pela cerimônia de premiação desta edição do evento, fará a estreia mundial da nova trilha sonora do filme, de autoria do maestro americano Robert Israel, que virá ao Brasil para reger a Orquestra Heliópolis.

Considerado por Orson Welles "a melhor comédia que já foi feita, o melhor filme sobre a Guerra Civil que já foi feito e talvez o melhor filme que já foi feito", o mais famoso filme de Buster Keaton conta a história de Johnnie – interpretado pelo próprio Keaton - e sua locomotiva, que recebe o nome de The General, e é a sua grande paixão, junto com a bela Annabelle Lee. Ao ser recusado como combatente da Guerra Civil Americana, sua família e sua amada passam a considerá-lo um covarde por não lutar. Até que a locomotiva e Annabelle são raptadas por espiões da União, e Johnnie terá que resgatá-las, numa aventura movimentada, excitante e divertida através da ferrovia. 

  • ROBERT ISRAEL (maestro e compositor) 

Nasceu em Los Angeles, EUA, em 1963. Fez sua estreia profissional aos 18 anos de idade, poucos meses após iniciar os estudos formais de piano e órgão. Em suas mais de três décadas de carreira, apresentou-se em diversos locais, como a Galeria Nacional de Arte, em Washington, o Museu d'Orsay, em Paris, e a praça Maggiore, em Bolonha. Além de performances ao vivo como maestro, ele compõe trilhas sonoras para filmes mudos, como Fantasma (1922), de F.W. Murnau, Marinheiro por Descuido (1924), de Donald Crisp e Buster Keaton, Dois Cavaleiros Árabes (1927), de Lewis Milestone, e Esta Vida É uma Comédia (1928), de Frank Capra. Israel ainda criou canções para obras televisivas, como o curta Chaplin Hoje: O Circo (1928), de François Ede, e a série Biografias, do canal A&E. Ele também viaja pelo mundo palestrando sobre música e imagem em movimento. 

  • ORQUESTRA SINFÔNICA HELIÓPOLIS - INSTITUTO BACCARELLI 

O Instituto Baccarelli, que tem o patrocínio da Petrobras, foi criado em 1996 pelo maestro Silvio Baccarelli. Para ajudar as vítimas de um incêndio em Heliópolis, ele procurou uma escola pública da comunidade e se propôs a ensinar música a 36 crianças e adolescentes. No início, as aulas ocorreram em seu próprio imóvel, o Auditório Baccarelli, na Vila Mariana. Em 2005, o instituto foi transferido para Heliópolis e hoje recebe cerca de 1,3 mil crianças e jovens. 

Apresentou-se em importantes palcos como Sala São Paulo, Theatros Municipais de São Paulo e do Rio de Janeiro, Gasteig (Alemanha) e Muziekgebouw (Holanda), além de ter participado de eventos como o Festival Beethoven (Bonn, Alemanha), o concerto para o papa Bento 16, na Catedral da Sé, e o Rock in Rio, com Mike Patton. 

A Petrobras, patrocinadora da 40ª. Mostra e do Instituto Baccarelli, facilitou a parceria entre os dois projetos para viabilizar a apresentação da Orquestra Sinfônica Heliópolis no acompanhamento da exibição aberta de "A GENERAL", na área externa do Auditório Ibirapuera.

 

MEMÓRIAS DO CINEMA

 

Há nove anos na programação da Mostra – até então Os Filmes da Minha Vida –, o evento reúne depoimentos de artistas e personalidades sobre os filmes que exerceram alguma influência em suas vidas, acentuando-se mais o aspecto emocional do que técnico ou intelectual dessas produções. O livro que reúne depoimentos de 2015 e 2016 será lançado na próxima edição da Mostra. Para este ano estão confirmadas, até o momento, as presenças de FLÁVIO TAMBELLINI, ELIANE CAFFÉ, JEFFERSON DE, ANTONIO PITANGA, GUILHERME WEBER, CRISTINA AMARAL e CARLOS HELÍ DE ALMEIDA.

 

VÃO-LIVRE DO MASP

 

Tradicional na programação da Mostra, as exibições no vão livre do MASP deste ano irão apresentar ao público uma seleção especial de cinco filmes da lista pessoal de Paulo Emílio Sales Gomes no Vão Livre do Masp – em 35mm com legendas – em homenagem ao centenário do crítico e professor – referência incontornável no campo dos estudos e da crítica de cinema no país. 

O títulos exibidos serão: O ATALANTE, de Jean Vigo (1934), A GRANDE ILUSÃO, de Jean Renoir (1937), NOITES DE CABÍRIA, de Federico Fellini (1957), O PAGADOR DE PROMESSAS, de Anselmo Duarte (1962), e O BATEDOR DE CARTEIRAS, de Aluizio T. de Carvalho (1958).

 

ITINERÂNCIA SESC DA MOSTRA EM 11 CIDADES DO INTERIOR PAULISTA

 

Já tradicional dentre os eventos que se desdobram no ensejo da Mostra Internacional de Cinema em São Paulo, a Itinerância Sesc da Mostra, chega a esta 40ª edição com a exibição de títulos selecionados entre as obras que integram a programação de 2016. Os filmes serão exibidos em 11 unidades: Araraquara, Bauru, Campinas, Jundiaí, Piracicaba, Ribeirão Preto, Rio Preto, Santos, São Carlos, São José dos Campos e Sorocaba, de 15 de novembro a 18 de dezembro de 2016. 

  • SELEÇÃO DA MOSTRA EM CAMPINAS 

Com o patrocínio da CPFL e pelo segundo ano consecutivo, a Mostra vai apresentar em Campinas, exibições de filmes que estão na programação desta 40ª edição. As sessões serão simultâneas à programação do evento e acontecem no espaço CPFL Cultura - Auditório Umuarama, nos dias 27, 29, 30 e 31 de outubro, totalizando 10 exibições no local.  


SELEÇÃO DA MOSTRA NO RIO DE JANEIRO

 

Com o patrocínio da Petrobras, pelo segundo ano consecutivo a Mostra chega também ao Rio de Janeiro, com uma seleção de títulos que fazem parte da programação desta 40ª edição. As exibições ocorrerão no início de novembro, no Espaço Itaú de Cinema Botafogo.


CONVIDADOS

 

Marco Bellochio, diretor; William Friedkin, diretor; Joel Saracho, ator CANÇÃO PARA UM DOLOROSO MISTÉRIOLukas Rinner, diretor OS DECENTESMaria Aparicio, diretora AS RUASMartin Mejia, diretor NASCIMENTOMiguel Nunes, ator CARTAS DA GUERRANicolas Klotz, diretor MATA ATLÂNTICA e SEXTA-FEIRA 13Olaf Kraemer, diretor 5 MULHERESPhilippe van Hissenhoven, diretor MAMÁSaba Kazemi, diretor MAATXiaobin Zhang, atriz FUTURO PERFEITOJarkko Lahti, ator O DIA MAIS FELIZ DA VIDA DE OLLI MÄKIJoão Botelho, diretor O CINEMA, MANOEL DE OLIVEIRA E EUSérgio Tréfaut, diretorTREBLINKAGabe Klinger, diretor PORTO são os nomes confirmados até o momento, além dos que compõem o  júri desta edição.

 (Informações sobre o júri ao final do release)


PRÊMIO LEON CAKOFF E PRÊMIO HUMANIDADE

 

Nesta 40ª Mostra, Marco Bellocchioserá homenageado pelo evento com o Prêmio Leon Cakoff e a apresentação do longa BELOS SONHOS, que abriu a Quinzena de Realizadores do Festival de Cannes 2016. Mantendo-se fiel ao seu cinema e sem fazer concessões, Bellocchio chega aos seus mais de meio século de carreira na plenitude do vigor estético e discursivo. 

O ator Antonio Pitanga também ganha homenagem do evento com o Prêmio Leon Cakoff, além da exibição do documentário PITANGA, de Beto Brant, e de dois filmes protagonizados por ele (BARRAVENTO e A GRANDE CIDADE). 

Já o tradicional Prêmio Humanidade da 40ª. Mostra, que o evento outorga todo ano a um diretor cuja obra reflete questões humanísticas, será destinado ao cineasta Andrzej Wajda, que ganha uma retrospectiva especial, dentro do Foco Polônia.


EXIBIÇÕES CIRCUITO Spcine DE CINEMA

 

Dando continuidade à parceria com o circuito Spcine a programação da Mostra Internacional de Cinema em São Paulo se estende às salas distantes do centro expandido, inauguradas este ano pela Secretaria Municipal de Cultura.  Os títulos selecionados pela 40ª. Mostra têm classificação indicativa livre e pretendem estimular o público a participar das manifestações culturais que acontecem na cidade, cumprindo seu objetivo de atrair novas plateias.  As exibições ocorrerão no Spcine Olido, Spcine Paulo Emilio – CCSP, Spcine Lima Barreto – CCSP, Spcine Aricanduva, Spcine Butantã, Spcine Caminho do Mar, Spcine Feitiço da Vila, Spcine Jaçanã, Spcine Jambeiro, Spcine Meninos, Spcine Parque Veredas, Spcine Paz, Spcine Perus, Spcine Quinta do Sol, Spcine São Rafael, Spcine Três Lagos, Spcine Vila Atlântica, Spcine Vila do Sol.

 

BRICS

 

Universidade de Leeds (Inglaterra), em parceria com o Instituto Iniciativa Cultural e a Spcine, vai realizar dentro da programação da 40ª. Mostra,  o seminário internacional Cinema, Soft Power e os BRICS (Brasil, Rússia, China, Índia e África do Sul). Pesquisadores, gestores e realizadores vão debater as iniciativas de cooperação com o objetivo de aproximar as iniciativas e impulsionar as políticas públicas entre os países e assim estimular o intercâmbio econômico e criativo.

Inscrições gratuitas para o dia 27/10:goo.gl/forms/4hSsC8wBnmQeng7q2


PREMIAÇÃO

 

Após serem exibidos na 40ª Mostra, os filmes da seção Competição Novos Diretores mais votados pelo público serão submetidos ao Júri Internacional, que escolherá os vencedores do Troféu Bandeira Paulista (uma criação da artista plástica Tomie Ohtake) nas categorias melhor filme de ficção, melhor documentário e outras categorias que o júri desejar. 

Além dos prêmios outorgados pelo Júri Internacional, há a premiação do público, que escolhe, entre os estrangeiros, o melhor filme de ficção e o melhor documentário, e os melhores brasileiros nas duas categorias. 

  • PRÊMIO Spcine para o Cinema Brasileiro (R$ 50 mil) - Nesta 40ª. edição da Mostra, a Spcine – Empresa de Cinema e Audiovisual de São Paulo premiará a melhor ficção com R$ 35 mil e o melhor documentário receberá R$ 15 mil. Os filmes serão escolhidos pelo público da Mostra.
  • PRÊMIO ABRACCINE – Desde 2012, um júri indicado Associação Brasileira de Críticos de Cinema, escolhe o melhor filme brasileiro exibido na Mostra, que não tenha sido premiado em outros festivais.


PAÍSES PARTICIPANTES

 

A40ª Mostra Internacional de Cinema em São Paulo, conta com uma grande variedade de produções, vindas de 50 países: ÁFRICA DO SUL, ALEMANHA, ARGÉLIA, ARGENTINA, AUSTRÁLIA, ÁUSTRIA, BAHAMAS, BÉLGICA, BÓSNIA-HERZEGOVINA, BRASIL, BULGÁRIA, CANADÁ, CAZAQUISTÃO, CHILE, CHINA, COLÔMBIA, CORÉIA DO SUL, CROÁCIA, DINAMARCA, EQUADOR, ESPANHA, EUA, FILIPINAS, FINLÂNDIA, FRANÇA, GRÉCIA, HOLANDA, ÍNDIA, IRÃ, ITÁLIA, JAPÃO, LÍBANO, MALÁSIA, MARROCOS, MÉXICO, PERU, POLÔNIA, PORTUGAL, REINO UNIDO, REPÚBLICA TCHECA, ROMÊNIA, RÚSSIA, SÉRVIA, SÍRIA, SUÉCIA, SUÍÇA, TAIWAN, TUNÍSIA, TURQUIA, VENEZUELA.

 

CENTRAL DA 40ª MOSTRA INTERNACIONAL DE CINEMA – CONJUNTO NACIONAL

 

FUNCIONAMENTO

INFORMAÇÕES: De 10 a 14/10, das 12h às 18h

VENDAS: De 15/10 a 02/11, das 11h às 21h

CREDENCIAMENTO DE IMPRENSA E CONVIDADOS: A partir de 17/10, das 11:00 as 21:00

A emissão de credenciais obedece a um sistema único de atendimento, por ordem de chegada.

Endereço: Conjunto Nacional – Av. Paulista, 2073, (em frente ao Cinearte). 

VALORES DE PERMANENTES, PACOTES PROMOCIONAIS E INGRESSOS INDIVIDUAIS 2015

PERMANENTES E PACOTES PROMOCIONAIS

Permanente Integral – R$ 460,00

Permanente Integral Folha (15% de desconto para o titular da assinatura, mediante apresentação da carteirinha de assinante) – R$ 391,00
Permanente Especial (para sessões de 2ª a 6ª feira até às 17:55h, inclusive, não contempla finais de semana nem sessões noturnas) – R$ 107,00

Permanente Especial Folha (15% de desconto para o titular da assinatura para sessões de 2ª a 6ª feira até às 17:55h, inclusive, não contempla finais de semana nem sessões noturnas) – R$ 90,95
Pacote de 40 ingressos – R$ 340,00
Pacote de 20 ingressos – R$ 200,00

*O desconto de 15% da Folha é válido somente para o assinante titular, pessoa física.

* Desconto de 50% na compra de até dois ingressos por sessão de filme da Mostra na bilheteria dos cinemas, para a força de trabalho do sistema Petrobras (devidamente identificada com crachá funcional) e para Titulares do Cartão Petrobras (mediante apresentação do mesmo). 

INGRESSOS INDIVIDUAIS

Segundas, terças, quartas e quintas: R$ 18,00 (inteira) / R$ 9,00 (meia).

Sextas, Sábados e Domingos: R$ 22,00 (inteira) / R$ 11,00 (meia).

* Para adquirir ingressos no dia da sessão, somente nas salas de cinema.

* A Central da Mostra não vende ingressos avulsos, apenas os pacotes. 

VENDAS PELA INTERNET

No site Ingresso.com, o ingresso poderá ser adquirido com antecedência de três dias a um dia, da sessão.

Sent with SndLatr for Gmail

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Gloob lança mais uma maratona Gloob Duni Tê

Netflix anuncia projeto ainda sem título: nova série infantil animada inspirada em músicas clássicas da Motown

FOX: DESTAQUES DA PROGRAMAÇÃO 1 A 7 DE AGOSTO DE 2016