Apagão analógico permitirá o aumento da capacidade da banda larga móvel


A transição para a televisão digital terrestre na América Latina permitirá destinar a faixa de 700 MHz para as telecomunicações sem fio; vários países já têm alocado espectro radioelétrico desta frequência para as operadoras nos últimos anos.
Imagem Infográfico Apagão Analógico (clique para abrir)

São Paulo, 13 de dezembro de 2016 – Os processos para migrar a televisão digital terrestre (TDT) na América Latina são fundamentais para poder destinar a faixa de 700 MHz para as telecomunicações sem fio, agregando capacidade adicional de espectro radioelétrico para aumentar o desenvolvimento da banda larga móvel nos mercados da região.

Nove países latino-americanos foram apurados sobre as políticas de transição da TDT pela Cullen International e os dados foram compilados pela 5G Americas que revela variações nas datas pré-definidas para o "apagão analógico".  O termo significa o término da TV analógica para migrar para o sinal digital. Os processos de transição para o digital compreendem também a realocação das concessões de televisão que operam na faixa de 700 MHz (698-806 MHz) para evitar interferências entre serviços de radiodifusão e telecomunicações.

Dos países analisados na mostra, somente o México finalizou o processo do apagão analógico (em 31 de dezembro de 2015). Os países com a data mais próxima são Costa Rica (dezembro de 2017), Brasil e Equador (dezembro de 2018). Argentina, Chile, Colômbia, Peru e Paraguai planejam datas entre 2019 e 2025.

É importante que a faixa esteja disponível para sua utilização comercial o mais breve possível. Pelo que é recomendado existem datas pré-definidas e cronogramas de ação para a reorganização do espectro radioelétrico e a "limpeza" da faixa de 700 MHz no menor tempo possível, para assim garantir que os serviços de telecomunicações operem sem interferências de sinais de televisão.

Entre as propriedades físicas que tem atraído a faixa de 700 MHz estão sua capacidade de propagação em exteriores e a capacidade de penetrar interiores de estruturas e edifícios. Seu uso, combinado com outras faixas de frequência, tem permitido o desenvolvimento de redes LTE-Advanced no Chile e no Peru.

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Netflix anuncia projeto ainda sem título: nova série infantil animada inspirada em músicas clássicas da Motown

FOX: DESTAQUES DA PROGRAMAÇÃO 1 A 7 DE AGOSTO DE 2016

Gloob lança mais uma maratona Gloob Duni Tê