Suspense Dominação, com Aaron Eckhart, estreia nesta quinta-feira nos cinemas




O jovem de 11 anos de idade Cameron (David Mazouz) deixa sua jovem mãe solteira Lindsay
(Carice van Houten) preocupada quando se isola em seu quarto escuro e começa a falar línguas
antigas, além de demonstrar sintomas de possessão demoníaca. O Vaticano, então, recruta o
cientista Dr. Seth Ember (Aaron Eckhart) para extrair este espírito maligno do rapaz.

Impulsionado por trágicos acontecimentos em seu próprio passado, Ember se envolve em uma
batalha feroz com este poderoso espírito. "Dominação" é um conto de horror sobrenatural
arrepiante que se desenrola no cruzamento entre uma disfunção familiar, a ciência moderna

O que seria de um filme de exorcismo sem um padre? Isso é o que o roteirista Ronnie
Christensen se perguntou quando começou o brainstorming para este inovador filme de terror,
Dominação. "Eu queria escrever um filme de exorcismo que você não tinhesse visto antes", diz
ele. "Normalmente, ele é baseado em água benta e as pessoas dizem frases como 'eu te obrigo
a', mas eu pensei: 'Qual legal seria se eu pegasse uma pessoa que não fosse um padre ou
sacerdote e faziesse ele entrar na mente da vítima para lutar contra os demônios? '
Depois de estudar sobre exorcismo, Christensen decidiu que no filme Dominação a pessoa que
"lutaria" contra os demonios seria um homem comum. "Quando eu pesquisei na internet tudo
o que podia encontrar sobre exorcismo, eu descobri que é sempre quem já está no limite que
vem para fazer o trabalho", diz ele. "Mesmo na Igreja Católica. Então, eu levei isso à enésima
potência e fiz com que o nosso herói estivesse numa cadeira de rodas, fosse problemático e
beberrão. Esta é a pessoa que vai vir te salvar ".
Para dar uma interpretação contemporânea ao gênero, Christensen criou um sistema de
ferramentas de exorcismo fundamentada na ciência, e não na religião. "Eu queria que Ember e
sua equipe tratassem a alma do condenado de uma forma diferente do que vimos antes", diz
ele. "Eu criei uma ideia de algo parecido com um hot spot de Wi-Fi, onde o muito fraco, o doente
ou almas antigas enviassem suas auras. As entidades parasitas são atraídas para esses locais e,
em seguida, eles atacam".
Quando o CEO DA Blumhouse Productions, Jason Blum, compartilhou o roteiro de Christensen
com o diretor Brad Peyton, o cineasta respondeu imediatamente. "Quando recebi o roteiro de
Ronnie, eu pensei que era uma história bem legal e o personagem de Ember fenomenal", diz o
produtor. "Não apenas os personagens são fantásticos, como eu pensei que poderíamos
aprofundar a mitologia e ver o que normalmente é um tema muito religioso - demônios - através
de uma lente diferente".

O diretor Peyton, dos filmes Viagem 2: A Ilha Misteriosa e Terremoto: A Falha de San Andreas,
viu o filme Dominação como uma oportunidade de elaborar mais suas ideias. "Para mim, foi
muito sobre assumir o desafio de fazer um gênero que eu nunca tinha feito antes", diz ele. "Eu
vejo o mundo muito como uma ciência-ficção, com o ponto de vista de um diretor, então eu
amei a ideia de desenvolver este tipo de personagem. Eu não tinha a aspiração de fazer um filme
que é apenas preenchido com sustos, sem inteligência. E eu vi várias possibilidades para criar
um tom e eventos de formas interessantes".
Durante a pré-produção, Peyton e o roteirista Christensen rapidamente criaram um vínculo
criativo com a narrativa de Dominação. "Brad e eu concordamos desde o início", diz o escritor.
"Nós pegamos toda essa premissa "e se" e descobrimos como expandi-la de uma forma muito
colaborativa. Brad e eu conversamos muito até chegarmos neste filme que é exatamente o que
tanto queríamos ver".
Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Gloob lança mais uma maratona Gloob Duni Tê

Netflix anuncia projeto ainda sem título: nova série infantil animada inspirada em músicas clássicas da Motown

FOX: DESTAQUES DA PROGRAMAÇÃO 1 A 7 DE AGOSTO DE 2016