MasterChef chega a 7 pontos e alcança a vice-liderança

 

Douglas deixou o programa nesta terça-feira

 

São Paulo, 10 de maio de 2017 – O episódio desta terça-feira (9) do MasterChef registrou pico de 7 pontos de audiência. O talent show marcou6 pontos de média share de 12%. A Band conquistou o terceiro lugar no horário (22h39 à 01h04) e ainda alcançou a vice-liderança por 42 minutos.

Na primeira prova, os competidores enfrentaram mais uma Caixa Misteriosa. Desta vez, eles encontraram miúdos de boi, ingredientes que são usados como iguarias em restaurantes caros pelo mundo, mas que também são muito comuns em pratos tradicionais e regionais brasileiros. Ana Luiza se saiu melhor e venceu a prova.

No desafio eliminatório, os participantes tiveram de preparar receitas com ingredientes típicos da culinária do Norte do país. A receita de Valter foi a que mais agradou o paladar do chef paraense Thiago Castanho. Já a sobremesa de Douglas não conquistou os jurados e ele deixou a competição.

Em entrevista ao Portal da Band, o participante revelou que sabia que o seu prato estava inferior à sua capacidade e que poderia ser eliminado pelos jurados após a prova. "Eu estava com a confiança bem abalada por causa da prova anterior. Então, eu sabia que ia ter que correr um pouco mais por ter 15 minutos a menos. Eu já estava bem atrapalhado, não conhecia os ingredientes, não sabia exatamente como harmonizá-los ou que gosto eles deveriam ter. Quando eu terminei o prato, eu sabia que ele estava bem inferior ao que eu era capaz de fazer", explicou Douglas.

Segundo o cozinheiro amador, ele resolveu apostar em doce em uma tentativa de se destacar e recuperar a confiança. "Quis fazer uma sobremesa por dois motivos: um deles, por ser meu ponto forte – a como a minha confiança estava abalada, eu tentei dar uma equilibrada fazendo algo que eu sabia fazer; e também para apostar em algo diferente, porque imaginei que ninguém fosse fazer doce, então teria um diferencial", disse.

Douglas também contou que o seu principal problema na prova foi o bacuri. "Eu não sabia exatamente a textura dele, com o que ele combina ou que gosto ele tem. Foi o que me pagou de surpresa. Claro, fui eu quem escolheu o ingrediente, mas foi difícil de trabalhar. Se eu pudesse voltar atrás, provavelmente teria feito um prato salgado, teria feito um peixe com uma crosta de aviú servido com algum vegetal", afirmou.

"De repente até com leite de castanhas, que já vi que o Thiago Castanho fez no livro dele, como acompanhamento de peixe. Talvez não ficasse tão bom quanto os pratos dos outros participantes, que entendem mais do Norte ou que já tiveram contato com os ingredientes, mas talvez eu não ficasse entre os piores", completou.

O gaúcho disse ainda que conseguiu realizar alguns de seus objetivos ao entrar no MasterChef. "Claro que eu queria ganhar, mas a minha primeira meta era ficar entre os 15 melhores. Então, eu alcancei ela. E eu aprendi muito aqui: aprendi com os participantes durante as provas, aprendi com os chefs, com as críticas, com os comentários e com as sugestões. Aprendi comigo mesmo porque eu ficava lendo e estudando coisas novas. Então, por mais que tenha sido curta, foi uma experiência ótima", contou.

"Percebi que preciso confiar mais em mim, porque isso me atrapalhou bastante essas incertezas de saber se eu sou capaz ou não. Então, foi lindo. Quero treinar bastantes pratos salgados porque, por mais que eu goste de fazer doces – é óbvio que eu vou continuar a fazê-los –, minha meta é abrir um estúdio que tenha entradas, pratos principais e sobremesas. Quero ser um cozinheiro mais completo", finalizou.

 

Próximo episódio

No programa da próxima terça-feira (16), as equipes vão se enfrentar frente a frente em um ringue, como verdadeiros lutadores. Os cozinheiros terão a dura missão de criar menus balanceados e nutritivos, mas sem perder o mais importante: o sabor. A equipe que for nocauteada vai direto para a eliminação, que trará um duelo de ingredientes simples e ao mesmo tempo complexos: sardinha fresca e sardinha enlatada.

 

MasterChef Brasil, formato da Endemol Shine Group, é uma co-produção da Band com o Discovery Home & Health. O programa vai ao ar todas as terças-feiras, às 22h30, na tela da Band (com transmissão simultânea no aplicativo da emissora para smartphones). A atração também é exibida às sextas-feiras, às 19h20, no Discovery Home & Health, com reapresentação aos domingos às 21h45. 

--
Line-UP - Divulgação de Programação e Distribuição de Canais de TV.
http://www.lineup.net.br
http://blog.lineup.net.br
Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Gloob lança mais uma maratona Gloob Duni Tê

Netflix anuncia projeto ainda sem título: nova série infantil animada inspirada em músicas clássicas da Motown

FOX: DESTAQUES DA PROGRAMAÇÃO 1 A 7 DE AGOSTO DE 2016